Como abrir conta bancária na Itália?

Se você planeja estudar ou trabalhar na Itália, terá a necessidade de abrir uma conta em um banco local. Existem vários regulamentos com o objetivo de tornar esse processo mais flexível para italianos e estrangeiros.


Conta para estrangeiros


Todos os estrangeiros legalizados podem abrir uma conta de não-residente no país. No entanto, é importante ressaltar que esse tipo de conta tem taxas de juros mais altas. Já os estrangeiros com nacionalidade italiana podem abrir os dois tipos de contas: para residentes e para não-residentes.


É possível abrir uma conta em banco italiano antes de viajar para a Itália?


Sim! Alguns bancos italianos oferecem a possibilidade de abertura de conta a distância (online). No entanto, essa tarefa pode ser um pouco complicada para quem não tem documentos italianos. Por isso, a forma mais fácil e simples é abrir uma conta pessoalmente assim que você chegar no país.


Preciso da conta antes de sair do Brasil, como faço?


Se você precisar abrir sua conta antes de sair do Brasil, será necessário iniciar o processo obtendo um formulário de inscrição no site do banco de seu interesse. Lembre-se que não são todos os bancos que oferecem essa opção, principalmente por questões de barreira de idiomas, então é necessário pesquisar. Caso você consiga abrir a sua conta de forma online, ela só poderá ser de fato utilizada depois que você chegar na Itália e comparecer em uma agência física, por motivos de proteção e segurança da conta.


Quais documentos são necessários para abrir uma conta bancária na Itália?


  • Os documentos são os mesmos para cidadãos italianos e estrangeiros, confira:

  • Passaporte

  • Código Fiscal: código tributário italiano

  • Certificado de Atribuição de Código Fiscal: o respectivo documento que você recebe quando obtém seu código tributário.

  • Contrato de trabalho e/ou Comprovante de inscrição em uma instituição educacional italiana.

  • Comprovante de endereço.

Para conseguir o seu código tributário é necessário se dirigir a um escritório tributário de qualquer grande cidade italiana.


Tipos de contas brancárias na Itália


As contas-correntes (conto corrente) são as mais populares na Itália, sendo ideais para quem deseja ter uma conta para pagamento de despesas do dia a dia e gerenciamento de serviços mensais. As contas conjuntas (conto corrente cointestato), que oferecem esses mesmos serviços, também são populares. Já as contas-poupança (conto di risparmio) podem ser abertas apenas por residentes. 


Taxas


Ao abrir uma conta na Itália, os funcionários do banco são obrigados a informar aos clientes sobre as taxas de juros cobradas e as taxas mensais, se houver. A maioria dos bancos italianos cobra uma taxa mensal de serviço e alguns cobram uma taxa por saque realizado (e o valor costuma aumentar com o tempo).


Melhores bancos da Itália


Para decidir o mais adequado para você, é fundamental fazer sua pesquisa e identificar qual atende melhor suas necessidades, confira abaixo os bancos:


  1. Unicredit - é um dos bancos com melhor reputação na Itália. Especialmente conhecido pela sua  popularidade entre os estrangeiros, é o banco com maior número de caixas eletrônicos no território italiano.

  2. Deutsche Bank Italia - Embora o Deutsche Bank tenha sido originalmente fundado na Alemanha, a Itália é o seu segundo maior mercado. A filial oferece uma variedade de produtos e serviços relacionados a negócios. Alguns desses recursos incluem contas correntes/poupança, investimento em seguros, banco online/digital, empréstimos, hipotecas e planos de pensão e aposentadoria.

  3. Poste Italiane - é uma agência postal que opera simultaneamente como um banco em toda a Itália. Uma facilidade especial oferecida por esse banco é a possibilidade de abertura de contas familiares, nas quais é possível que mais de uma pessoa da família receba um cartão de débito da mesma conta.

  4. Banca Nazionale del Lavoro - O BNL é muito popular principalmente entre os italianos, sendo classificado como o segundo melhor banco do país. O recurso mais notável é o programa de recompensas de fidelidade, no qual o cliente recebe dinheiro de volta pela compra de certos produtos. Existem inúmeras agências e caixas eletrônicos espalhados por todo o território italiano.

  5. CheBanca - oferece particularmente contas de depósito comercial, seguro residencial, de vida e de acidentes. Também oferece contas correntes e poupança básica, empréstimos e serviços de investimento.

Informações importantes:


Para abrir uma conta bancária na Itália, é exigido que o correntista faça um depósito inicial. E o valor mínimo desse depósito varia de banco para banco. 


Antes de assinar qualquer contrato com qualquer banco na Itália, peça uma lista de taxas que são cobradas por serviços corriqueiros da conta, como transferência de dinheiro e saques. Tenha em mente que é bastante comum entre os bancos do país a cobrança de uma taxa mensal de serviços.


Também é importante verificar as taxas cobradas para envio de dinheiro para o exterior (ou para o recebimento de dinheiro de bancos estrangeiros). Os valores, principalmente para transferências realizadas com bancos de fora da União Europeia, costumam ser altos. 


As agências bancárias da Itália costumam ficar abertas das 8h às 13h30 e das 15h às 16h, de segunda a sexta-feira. Alguns dos maiores bancos abrem aos sábados, mas geralmente apenas nas principais cidades e entre 9h e 12h.




38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo